Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Líder do PSL defende mais espaço para o Centrão no governo: "Tem que pensar nos 4 anos"

Líder do PSL defende mais espaço para o Centrão no governo: “Tem que pensar nos 4 anos”
Foto: Mateus Bonomi/Agif/Folhapress

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, disse a O Antagonista que a bancada do partido está dividida em relação à recriação dos ministérios das Cidades e da Integração, conforme o texto da MP da reforma administrativa que saiu da comissão mista.

O deputado diz que “sabemos da importância dos ministérios para o centro”.

“Eles querem ocupar alguns espaços no governo. Já ficou claro, para o presidente da República e para aqueles que dialogam, que esse propósito [a recriação dos ministérios] atende o centro, que quer governar junto.”

É claro que tivemos que perguntar se isso não é o toma lá, dá cá.

“Não tem toma lá, dá cá. Tem a necessidade de aprovar a reforma da Previdência, a reforma tributária. Tem a necessidade de governar. Não tem que pensar apenas no momento. Tem que pensar nos 4 anos de governo.”

Delegado Waldir também elogiou a decisão do governo de oferecer R$ 40 milhões em emendas parlamentares até 2022 a cada deputado que votar a favor da reforma da Previdência no plenário.

“Acho até que Bolsonaro está sendo pão duro. Eu quero é R$ 200 milhões. Não é para o meu bolso. É para os mais pobres. Qual parlamentar é contra os mais pobres?”

Ele emendou:

“Qual parlamentar é contra o centro ocupar espaço no governo Bolsonaro? Eu sou favorável. Com os partidos de centro, nós vamos aprovar a reforma da Previdência e vai sobrar dinheiro para os mais pobres, para a saúde, educação e segurança.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....