Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Líder caminhoneiro diz que Bolsonaro mente e quer jogar o povo contra a Petrobras

Em carta, Wallace Landim, o Chorão, acusou o presidente de não ter cumprido suas promessas para a categoria e criticou o bolsonarista Zé Trovão
Líder caminhoneiro diz que Bolsonaro mente e quer jogar o povo contra a Petrobras
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em carta divulgada nesta terça-feira, 21, o líder caminhoneiro Wallace Landim, o Chorão, presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores, voltou a criticar as ações do governo de Jair Bolsonaro, relata o Estadão.

“A grande falha e incompetência do governo Bolsonaro foi não ter reestruturado a Petrobras e suas operações no início do governo, não ter dado início a mudanças estruturantes na empresa, e o principal [:] não ter cumprido suas palavras com os caminhoneiros”, diz Chorão.

“Bolsonaro mentiu e agora quer colocar a categoria e o povo brasileiro contra a Petrobras”, acrescentou o líder caminhoneiro.

O presidente da Abrava também criticou a tentativa do caminhoneiro bolsonarista Zé Trovão de atrair os trabalhadores do transporte e chamou de “eleitoreira” a proposta do presidente da Câmara, Arthur Lira, de criar um voucher para caminhoneiros.

“O Lira está tentando transferir a responsabilidade. Ele sabe que não tem espaço para aprovar voucher, que ainda assim seria paliativo. É uma medida eleitoreira e, assim como o teto do ICMS para combustíveis, é medida ‘tabajara’ para tentar resolver um problema complexo”, declarou Chorão.

Como publicamos, paralelamente à tentativa de instalar uma CPI da Petrobras, o governo Bolsonaro prepara uma MP para mudar as regras da Lei das Estatais e permitir uma intervenção branca na companhia para segurar os preços dos combustíveis.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....