Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Kajuru: Moro "errou ao acreditar" em Bolsonaro, mas "saiu em tempo"

O ex-juiz deixou o Ministério da Justiça e da Segurança Pública em abril de 2020, denunciando a interferência do presidente na PF
Kajuru: Moro “errou ao acreditar” em Bolsonaro, mas “saiu em tempo”
Foto: Pedro França/Agência Senado

O senador Jorge Kajuru (foto) disse a O Antagonista que Sergio Moro “errou ao acreditar em Jair Bolsonaro“, mas “saiu em tempo” do governo.

Moro deixou o Ministério da Justiça e da Segurança Pública em abril de 2020, denunciando a interferência do presidente da República na Polícia Federal.

“Eu tenho enorme admiração por ele, pela postura ética dele”, afirmou Kajuru.

Como temos noticiado, Moro confirmou que vai se filiar ao Podemos — partido do senador por Goiás — no próximo dia 10. Desde então, a possível candidatura presidencial do ex-juiz da Lava Jato repercute em Brasília.

Mario Sabino escreveu ontem que “Sergio Moro errou ao não se defender com indignação dos ataques ad hominem que lhe foram feitos no processo de anulação das condenações de Lula e quando da sua saída do governo de Jair Bolsonaro”. O resultado é que a pecha de “parcial” e “traidor” pegou mesmo entre eleitores não-petistas e não bolsonaristas”. Leia o restante do texto aqui.

O deputado Eros Biondini (Pros), aliado de Bolsonaro, é um dos que, por exemplo, disseram a este site que Moro “não tem mais a credibilidade que já teve” e “teve uma postura de traidor”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....