Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça marca audiência com assessores acusados de entregar celulares a Silveira

Oitiva foi agendada para 14 de junho; MPF-RJ denunciou três pessoas no caso
Justiça marca audiência com assessores acusados de entregar celulares a Silveira
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A Justiça Federal agendou para 14 de junho, às 14 horas, audiência com os assessores de Daniel Silveira (PTB-RJ) acusados de entregar celulares ao deputado bolsonarista enquanto ele estava preso.

Eles devem se pronunciar sobre a proposta de aplicação imediata da pena, fixada em R$ 10 mil para cada um. O valor seria revertido a uma instituição beneficente. O MPF-RJ denunciou 3 assessores do parlamentar: Mário Sérgio de Souza, Pablo Diego Pereira da Silva e Rafael Fernando Ramos.

Segundo o Ministério Público, em fevereiro do ano passado, os assessores entregaram dois celulares a Silveira (foto) quando ele estava preso na Delegacia de Plantão da Superintendência Regional da Polícia Federal. O parlamentar foi detido após divulgar um vídeo com apologia ao AI-5 e discurso de ódio contra integrantes da Corte.

O MPF-RJ afirma ter identificado como ocorreu a operação. “O assessor Mário promoveu a entrega de um aparelho celular ao deputado, sendo auxiliado por Pablo, que intermediou por meio de dissimulação, a guarda dos telefones celulares consigo. Já Rafael promoveu a entrega de um segundo aparelho celular ao custodiado”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....