Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça cancela show de R$600 mil de Wesley Safadão em município alagoano

Show ocorreria no domingo como parte do São João da cidade; TJ colocou limite de R$ 100 mil para gastos com artistas por cada município
Justiça cancela show de R$600 mil de Wesley Safadão em município alagoano
Reprodução Redes Sociais

A justiça de Alagoas proibiu, nesta quarta-feira (8), um show do cantor Wesley Safadão na cidade alagoana de Viçosa, contratado pela prefeitura por R$ 600 mil. Na decisão, a juíza de primeira instância ainda colocou regras para a contratação de shows em todo o estado, de maneira que shows de grandes artistas se tornariam inviáveis.

A apresentação de Wesley Safadão estava marcado para o domingo (12), como parte das festas de São João do município. Atendendo a um pedido do Ministério Público do estado, a juíza Juliana Batistela de Aguiar, do Tribunal de Justiça de Alagoas, chamou a contratação de “intolerável desvio de finalidade do ato público”, desproporcional ao orçamento estadual.

“É uma falácia a justificativa de que um show pelo qual se pague ao artista R$ 600 mil seja benéfico porque gera renda e empregos”, justificou a magistrada. “Se houver emprego por um dia ou um final de semana, e renda, porque o comércio local irá vender mais, essa monta nunca irá chegar nem perto dos R$ 600 mil despendidos ao artista.”

Além de impedir o show do cantor, a juíza impôs regras para a contratação de artistas em todo o estado. A partir de agora, cada show contratado pelo estado não pode custar mais de R$ 50 mil por artista – nos municípios, o limite é de R$ 20 mil. O estado poderá gastar até R$ 500 mil para contratar todos os artistas, e o limite para Viçosa será de R$ 100 mil.

A decisão é de primeira instância e ainda cabe recurso. A prefeitura ainda não se manifestou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....