Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça Eleitoral oficializa afastamento de Adilson Barroso da presidência do Patriota

Agora, Ovasco Resende se torna efetivamente o presidente interino do partido
Justiça Eleitoral oficializa afastamento de Adilson Barroso da presidência do Patriota
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Justiça Eleitoral oficializou hoje o afastamento de Adilson Barroso da presidência do Patriota. A decisão de suspender Barroso do cargo de presidente foi tomada em 24 de junho deste ano, durante convenção partidária convocada pela ala dissidente da agremiação.

O encontro também serviu para anular decisões tomadas por Barroso para enfraquecer adversários dentro do partido.

Entenda a confusão no Patriota

As brigas entre a ala dissidente do Patriota e Adilson Barroso começaram quando o presidente afastado do partido começou a negociar a chegada da família Bolsonaro sem combinar com os diretores da agremiação.

Isso fez com que uma ala dissidente do patriota convocasse convenção para afastar Barroso do cargo e julgá-lo no conselho de ética da agremiação. Ovasco Resende foi eleito para substituir Adilson na presidência durante o julgamento do processo disciplinar.

A convenção que selou o afastamento fez com Barroso perdesse a cabeça e enviasse a Ovasco um áudio com ameaças de denúncias à Polícia Federal e acusações de rachadinhas em gabinetes de políticos eleitos pelo partido.

Leia aqui o documento que oficializa o afastamento de Adilson Barroso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....