Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça decreta prisão de delegada que tinha quase R$ 2 milhões em casa

Dinheiro foi apreendido na residência de Adriana Cardoso Belém durante operação do MP nesta terça-feira
Justiça decreta prisão de delegada que tinha quase R$ 2 milhões em casa
Foto: Reprodução/ TV Globo

A delegada Adriana Cardoso Belém (foto), ex-titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), é um dos alvos da Operação Calígula, realizada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) nesta terça (10). A ofensiva mira uma rede de jogos de azar explorada pelo contraventor Rogério de Andrade e pelo PM reformado Ronnie Lessa. Na casa da policial, que foi denunciada por facilitar operação de caça-níqueis, os agentes encontraram quase R$ 2 milhões em espécie.

O dinheiro estava dentro de sacos e de uma mala de viagem em um closet. A 1ª Vara Especializada do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) expediu um mandado de prisão contra Adriana Belém.

“O gigantesco valor em espécie arrecadado na posse da acusada, que é Delegada de Polícia do Estado do Rio de Janeiro, aliado aos gravíssimos fatos ventilados na presente ação penal, têm-se sérios e sólidos indicativos de que a ré apresenta um grau exacerbado de comprometimento com a organização criminosa e/ou com a prática de atividade corruptiva (capaz de gerar vantagens que correspondem a cifras milionárias)”, afirmou o juiz Bruno Monteiro Ruliere na decisão, segundo o G1.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....