Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça da Itália quer ouvir Lula

O Estadão noticia que a Justiça italiana enviou uma carta rogatória ao ministério da Justiça brasileiro, para ouvir Lula, na condição de testemunha, no processo que envolve o empresário Valter Lavitola, acusado de extorquir o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, de quem era o braço direito.

Valter Lavitola afirma, em documentos anexados ao processo, que Lula o beneficiou na negociação de uma concessão para a exploração de madeira na Amazônia.

“Na rogatória, as autoridades italianas pediram esclarecimentos sobre vários aspectos, entre eles a relação que teria existido entre Lula e Lavitola, além da influência de Lula na negociação para a concessão do direito de exploração de madeira na Amazônia. Um ponto solicitado se refere à suposta atuação do ex-presidente para intervir em uma disputa entre a empresa do italiano e compradores chineses”, informa o Estadão.

De acordo com o jornal, “as autoridades italianas até hoje não conseguiram identificar qual seria essa madeireira de Lavitola e esperam contar com as respostas de Lula para mapear os negócios do italiano no Brasil. Em maio de 2014, quando a reportagem do Estado revelou a carta entre Lavitola e Berlusconi, a assessoria do ex-presidente disse, por meio do Instituto Lula, que ele nunca ouviu falar de Lavitola”.

Naturalmente, Lula não sabe de nada.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....