Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Juíza ordena que Eduardo Bolsonaro exclua mensagens ligando Omar Aziz a pedofilia

Deputado federal tem 72 horas para excluir postagens; presidente da CPI da Covid também pediu que filho 03 de Jair Bolsonaro o indenize em R$ 44 mil
Juíza ordena que Eduardo Bolsonaro exclua mensagens ligando Omar Aziz a pedofilia
Foto: Reprodução/redes sociais

A juíza Maria do Perpétuo Socorro da Silva Menezes, do TJ-AM, concedeu liminar a pedido de Omar Aziz determinando a retirada de postagens de Eduardo Bolsonaro nas redes sociais, informa Ancelmo Gois.

A decisão foi publicada nesta terça, 17. O filho 03 de Jair Bolsonaro tem 72 horas para excluir as mensagens e está sujeito a multa de R$ 5.000.

A ação foi apresentada pelos advogados do presidente da CPI da Covid em 10 de agosto. Eles se queixam de postagens em que o deputado federal insinuou que o senador fosse pedófilo.

Em 4 de agosto, no Twitter, Eduardo rebateu do seguinte modo as críticas de Aziz ao encontro de Jair Bolsonaro com a deputada ultradireitista alemã Beatrix von Storch: “Pelo raciocínio de Omar Aziz, se a deputada alemã @beatrix.von.storch é nazista por conta de seu avô, então os netos de Omar seriam pedófilos?”.

O presidente da CPI da Covid também pede indenização de R$ 44 mil pelas postagens. O pedido, porém, ainda não foi analisado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....