Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Juiz da presidência do STJ gerou prejuízo de quase R$ 1 bi à União, diz PF

Augustino Lima Chaves é investigado pela Polícia Federal por suposto favorecimento a empresas
Juiz da presidência do STJ gerou prejuízo de quase R$ 1 bi à União, diz PF
Foto: Divulgação.

O juiz Augustino Lima Chaves é investigado pela Polícia Federal por suposto favorecimento a empresas durante o período em que trabalhou na 20ª Vara da Justiça Federal do Ceará, informa a Folha. Suas decisões teriam causado prejuízo de R$ 984 milhões aos cofres da União.

Ele foi um dos alvos da operação Skiagraphia, deflagrada na última sexta-feira (20). Até então, Augustino atuava como juiz assistente no gabinete da presidência do STJ.

De acordo com o jornal, o valor foi calculado com base no montante que a União deixou de arrecadar por causa das decisões do magistrado, entre 2012 e 2016. A investigação apura o suposto beneficiamento a 27 empresas, que não teriam pago dívidas com a União.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....