Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Janaina provoca Bolsonaro: "Em 2023, teremos um Senado vermelho, para dar sustentação a Lula"

A deputada estadual não gostou de o presidente ter lançado a ministra Damares Alves como candidata ao Senado por São Paulo
Janaina provoca Bolsonaro: “Em 2023, teremos um Senado vermelho, para dar sustentação a Lula”
Foto: José Antonio Teixeira/Alesp

Como esperado, os bolsonaristas estão batendo cabeça.

Janaina Paschoal (foto), a deputada estadual que quer virar senadora por São Paulo, continua comprando briga com aliados. Desta vez, com o próprio Jair Bolsonaro.

Ontem (19), em entrevista à Jovem Pan, o presidente lançou Damares Alves como candidata ao Senado por São Paulo: “Posso adiantar uma possível senadora por São Paulo: a ministra Damares”. Damares, por sua vez, como registramos, tem dito nas redes sociais que pretende concorrer ao Senado pelo Amapá. “Estou orando, presidente. A minha vida é dirigida por Deus. Mas eu confesso que amo o Amapá. Eu amo meus indiozinhos do Amapá”, escreveu ela, nas redes sociais.

Janaina não gostou da declaração de Bolsonaro — justamente porque quer ser ela a candidata ao Senado por São Paulo com o apoio do Planalto — e provocou o presidente no Twitter, inclusive prevendo uma vitória do ex-presidiário petista em outubro:

“Com a habilidade que Bolsonaro tem para re (unir) a direita, em 2023, teremos um Senado vermelho, para dar sustentação a Lula.”

No fim de 2021, como noticiamos, Janaina, que chegou a ser cotada para vice de Bolsonaro em 2018, já havia se estranhado com o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, que, por sua vez, andou dizendo que “fomos substituídos pela turma do Centrão”.

Eles que lutem.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....