Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro: 'Jô foi uma grande personalidade, independentemente de ideologia'

Presidente da República lamentou nas redes sociais a morte do apresentador: "Deixa para o Brasil um exemplo de postura, elegância e bom humor"
Bolsonaro: Jô foi uma grande personalidade, independentemente de ideologia
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro lamentou nas redes sociais a morte do apresentador Jô Soares:

Independentemente de preferências ideológicas, Jô Soares foi uma grande personalidade brasileira que conquistou a todos com seu modo cômico de discutir assuntos profundos. Que Deus conforte a família e o acolha com a cordialidade que o próprio Jô recebia a todos”, afirmou no Twitter.

Jô sempre fez bom uso do seu direito de livre expressão. Por muitas vezes teceu duras críticas contra mim, inclusive. Mas foi por viver num país livre, não em um regime autoritário, que ele pode exercê-lo integralmente. Essa é a beleza da democracia”, prosseguiu.

No fim das contas, as divergências pouca diferença fazem na hora de nossa partida para perto de Deus. O que fica são as nossas obras, e Jô Soares deixa para o Brasil um exemplo de postura, elegância e bom humor, e, por isso, tem o meu respeito”, concluiu.

Desde que Bolsonaro assumiu a Presidência da República, em 2019, Jô publicou uma série de cartas abertas com críticas endereçadas ao chefe do Executivo.

“Volto a lhe escrever para comentar sobre a perseguição da imprensa, que continua a criticar suas declarações a respeito dos remédios que, do baixo de seu conhecimento, Vossa Redundância continua a sugerir. Fazem parte desse kit covid a hidroxicloroquina, a cloroquina, a ivermectina, a azitromicina e a doxiciclina. A ciência nega a eficácia desses medicamentos contra a Covid-19”, escreveu em uma delas, publicada em novembro de 2020.

Leia também:

Políticos lamentam morte de Jô Soares

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....