Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Jair Bolsonaro ignorou duas tentativas de Moraes para marcar oitiva

Ministro do STF determinou que presidente preste depoimento nesta sexta sobre vazamento de inquérito sigiloso
Jair Bolsonaro ignorou duas tentativas de Moraes para marcar oitiva
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Antes que Alexandre de Moraes determinasse o comparecimento Jair Bolsonaro (foto) na Polícia Federal nesta sexta-feira, 28, o ministro do STF tentou ouvir o presidente da República pelo menos duas vezes, diz a Crusoé.

“A primeira notificação para a oitiva ocorreu em 29 de novembro, quando Bolsonaro alegou ter uma agenda corrida, com ‘uma série de compromissos’. […] Diante da resistência do Planalto em marcar dia e horário para que o presidente prestasse depoimento, Moraes determinou que Bolsonaro compareça à Superintendência da PF na tarde desta sexta. Ele terá que prestar informações no inquérito que apura o vazamento de dados sigilosos de uma investigação sobre ataques cibernéticos ao TSE.”

“Na primeira tentativa do STF para ouvir Bolsonaro, a Advocacia-Geral da União pediu mais 60 dias para o agendamento do depoimento. Moraes aceitou aumentar o prazo em 45 dias, com data final em 28 de janeiro. Durante esse tempo, Bolsonaro e a AGU não se manifestaram no processo.”

LEIA MAIS AQUI; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....