Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Instituto Adolfo Lutz vai analisar variante de passageiro brasileiro que passou pela África do Sul

O resultado do exame ficará pronto em até 96h horas e confirmará se ele foi infectado com a Ômicron; paciente segue isolado
Instituto Adolfo Lutz vai analisar variante de passageiro brasileiro que passou pela África do Sul
Divulgação/governo de São Paulo

O Instituto Adolfo Lutz, laboratório do governo de São Paulo, fará a análise para detectar qual das variantes do coronavírus infectou o passageiro que desembarcou ontem (27) em Guarulhos (SP), com passagem pela África do Sul. O resultado ficará pronto em até 96 horas…

Como noticiamos mais cedo, a Anvisa informou, em nota, que um passageiro brasileiro com passagem pela África do Sul, testou positivo para o coronavírus. A agência ainda afirmou que não há confirmação se o caso é da variante Ômicron e que a pessoa já está em isolamento.

Em entrevista ao UOL, o o secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jeancarlo Gorinchteyn, explicou o processo de análise do Adolfo Lutz.

“Após a nova coleta, há uma análise de abertura genética. O material genético do vírus é amplificado e, assim, é possível analisar se há uma mutação e qual é essa mutação”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....