Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Hospital e Planalto não explicam quem pagou viagem de médico de Bolsonaro

Antônio Luiz Macedo estava de férias nas Bahamas, quando recebeu um telefonema do presidente da República pedindo ajuda
Hospital e Planalto não explicam quem pagou viagem de médico de Bolsonaro
Reprodução/Jair Bolsonaro/Tik Tok

O hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde Jair Bolsonaro ficou internado no início do mês, e a Secretaria-Geral da Presidência não explicaram como a viagem do médico do presidente ao Brasil foi bancada.

Antônio Luiz Macedo, que operou Bolsonaro em 2018, estava de férias nas Bahamas, quando o presidente desenvolveu o quadro de suboclusão intestinal e ligou para ele pedindo ajuda.

Inicialmente, o médico disse em entrevista que um avião federal iria buscá-lo. Mais tarde, no entanto, falou-se que uma aeronave bancada pelo hospital seria usada.

O presidente teve alta em 5 de janeiro.

Procurados pelo UOL, o Vila Nova Star e a Secretaria-Geral da Presidência não esclareceram o caso.

A assessoria do hospital se negou a responder quaisquer questionamentos enviados relativos ao avião, inclusive de quem é a aeronave que foi buscar Macedo. Também não informou se os custos são passíveis de serem ressarcidos pela Presidência.

A Secretaria-Geral da Presidência respondeu que não dispõe de informações sobre o meio de transporte utilizado pelo médico no seu deslocamento para o local de trabalho”.

O fretamento de uma aeronave para o trajeto entre as Bahamas e São Paulo pode variar entre R$ 340 mil e R$ 680 mil.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....