Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Há fortes indícios de que haja algum dado no Brasil que possa colocar luz sobre o crime"

“Há fortes indícios de que haja algum dado no Brasil que possa colocar luz sobre o crime”
Foto: Pedro de Paula /Fotoarena/Folhapress

Em sua decisão que autorizou a Operação Mácula — à qual O Antagonista teve acesso –, o juiz federal Francisco Eduardo Guimarães Farias, da 14ª Vara Federal em Natal, justificou assim os mandados de busca e apreensão nas empresas Lachmann Agência Marítima e a Witt O Brien’s:

“No caso vertente, o pedido de busca e apreensão revela-se necessário, isso porque há fortes indícios de que haja algum documento, informação ou dado no Brasil que possam colocar luz sobre as circunstâncias do crime, nos endereços em que tais empresas funcionam.”

As empresas prestam serviços de representação comercial e consultoria à empresa grega Delta Tankers LTD, dona do navio mercante Bouboulina, o responsável pelo vazamento do óleo que se espalhou pelo litoral brasileiro, segundo a Polícia Federal.

empresas 520x353

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....