Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Gilmar beneficia Beto Richa e envia Operação Piloto à Justiça Eleitoral

Ex-governador tucano é um dos réus da operação, que investiga suposto esquema de propina da Odebrecht para direcionar licitação de obras em rodovia do PR
Gilmar beneficia Beto Richa e envia Operação Piloto à Justiça Eleitoral
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Gilmar Mendes determinou na última terça-feira (22) que o processo da Operação Piloto —que tem como um dos seus réus o tucano Beto Richa (foto), ex-governador do Paraná— seja encaminhado para a Justiça Eleitoral paranaense.

A operação apura um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a PPP (parceria público-privada) para exploração e duplicação da rodovia PR-323 entre as cidades de Maringá e Francisco Alves. A obra nunca saiu do papel.

Segundo o G1 Paraná, o processo tramitava desde 2019 na Justiça Federal em Curitiba. Além de Richa, outras cinco pessoas são réus no processo, acusadas pelo MPF dos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitação.

De acordo com a denúncia, agentes públicos receberam valores da Odebrecht para direcionar o processo licitatório da PR-323. Segundo o MPF, o nome da operação, que foi a 53ª etapa da Lava Jato, refere-se ao codinome usado nas planilhas da empreiteira para se referir a Richa.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra da decisão de Gilmar.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....