Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fora do MEC, Ribeiro receberá do governo R$ 26 mil por 6 meses

Ex-ministro, que teve prisão revogada hoje, ganhará "remuneração compensatória" por "conflito de interesse" a partir de acesso privilegiado a informações
Fora do MEC, Ribeiro receberá do governo R$ 26 mil por 6 meses
Fotos: Luis Fortes/MEC

Suspeito de coordenar um “gabinete paralelo” de pastores no MEC, Milton Ribeiro (foto) —preso na quarta (22) e solto nesta quinta (23) por ordem do desembargador Ney Bello, do TRF-1— receberá da União pelos próximos seis meses o equivalente a cerca de R$ 26 mil, informa o Estadão.

A remuneração foi autorizada no final de maio pela Comissão de Ética Pública da Presidência, que considerou haver “conflito de interesses após o exercício de cargo” no ministério.

“Ribeiro foi incluído na chamada ‘quarentena’ do serviço público, que autoriza o pagamento de ‘remuneração compensatória’ àqueles que exerceram altos cargos no governo”, escreve o Estadão.

“A justificativa para esse ‘auxílio-desemprego’ por seis meses é o fato de figuras públicas de destaque, como ministros, terem tido acesso a informações privilegiadas que podem ser usadas por esses ex-servidores em seus novos cargos na iniciativa privada”, acrescenta o jornal paulistano.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....