Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Flávio precisa ler isso

Ao levantar dúvidas sobre o processo eleitoral, senador repete um monte de baboseiras que mostram desconhecimento sobre procedimentos já existentes
Flávio precisa ler isso
Reprodução: SBT

Na entrevista ao SBT, Flávio Bolsonaro cobrou do TSE medidas de segurança e transparência. Disse que não faz sentido “insistir com essa loucura de querer manter sob sigilo quem faz a apuração da eleição” e que a Justiça Eleitoral deveria acolher algumas das sugestões das Forças Armadas.

Para “evitar fraudes”, o senador defende que as apurações sejam primeiro computadas pelos TREs e depois encaminhadas para o TSE. Ele também quer que os eleitores fiscalizem as emissão do boletim de urna (BU), que são impressos ao fim da votação, comparando o resultado com o divulgado pelo tribunal.

Para o 01, seria até melhor que a apuração fosse “acompanhada por outras instituições com credibilidade, como a OAB”.

Flávio, pelo visto, desconhece o sistema eleitoral que o elegeu ou simula desconhecê-lo. Os BUs já são todos impressos após o encerramento da votação para acompanhamento dos fiscais dos partidos. Contam até com QR Code para facilitar a checagem.

Cada zona eleitoral envia as mídias lacradas para os TREs, que conferem sua integridade e transitem os dados ao TSE para serem computados. A propósito, OAB e MPF já atuam na fiscalização do código-fonte da urna.

Todo o processo está descrito neste link.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....