Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fiocruz investiga dois casos suspeitos de doença neurodegenerativa

Pacientes estão com suspeita da forma esporádica da Doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ)
Fiocruz investiga dois casos suspeitos de doença neurodegenerativa
Foto: Chokniti Khongchum/Pexels

O Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, ligado à Fiocruz, informou nesta quinta (11) que investiga dois casos suspeitos de Doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ).

De acordo com o Ministério da Saúde, a DCJ não está relacionada à “doença da vaca louca”, conhecida como Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB).

A Doença de Creutzfeldt-Jakob é uma desordem neurodegenerativa.

“Esta forma esporádica não tem relação com o consumo de carne”, disse o INPI, em nota. “Reiteramos que os pacientes estão internados no Centro Hospitalar para a Pandemia de Covid-19 do INI e que ambos os casos não têm confirmação diagnóstica.”

Leia tambémMinistério da Agricultura confirma dois casos de ‘vaca louca’ no Brasil

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....