Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Filho de desembargadora comprou Ford Ranger um dia depois de venda de sentença

Filho de desembargadora comprou Ford Ranger um dia depois de venda de sentença
Foto: TJ-BA

De acordo com a Polícia Federal, o advogado Arthur Barata comprou uma picape Ford Ranger por R$ 145 mil um dia depois de sua mãe, a desembargadora Lígia Ramos, proferir uma sentença que teria sido negociada por R$ 400 mil, diz a Crusoé.

Os dois foram denunciados pela PGR no esquema de venda de decisões no Tribunal de Justiça da Bahia.

A venda de sentença teria sido intermediada pelo advogado Julio Cesar Cavalcanti Ferreira, que assinou um acordo de delação premiada.

Leia aqui a íntegra da nota.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....