Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fachin responde Defesa e diz que TSE acolheu 10 de 15 propostas das Forças Armadas

Na sexta-feira, o ministro Paulo Sérgio Nogueira enviou um documento ao tribunal eleitoral cobrando que as propostas fossem atendidas
Fachin responde Defesa e diz que TSE acolheu 10 de 15 propostas das Forças Armadas
Foto: Nelson Jr/SCO/STF

O ministro Edson Fachin (foto), presidente do TSE, enviou neste sábado (11) ao Ministério da Defesa um levantamento que mostra que o tribunal acolheu de forma completa ou parcial 10 das 15 propostas feitas por representantes das Forças Armadas. 

Das restantes, quatro serão estudadas no próximo ciclo eleitoral (2023-2024) e uma foi rejeitada. A sugestão que não foi acolhida pedia que o relatório de abstenções fosse disponibilizado à sociedade, assim como os dados sobre óbitos

Na sexta-feira (10), o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, enviou um documento ao ministro Edson Fachin cobrando que as propostas feitas pelas Forças Armadas fossem atendidas

Fachin afirma que o levantamento enviado hoje “sintetiza uma parcela do intenso esforço do TSE para aprofundar a transparência do processo eleitoral e a responsividade em relação às contribuições recebidas dos integrantes da CTE [Comissão de Transparência das Eleições].

Ao todo, a Comissão de Transparência das Eleições, instaurada pelo TSE em setembro do ano passado, acolheu 32 das propostas recebidas. Ou seja, um terço das sugestões aprovadas é de autoria dos militares. 

Leia também o artigo Carlos Graieb, publicado na Crusoé, sobre a evolução do “enredo” nas últimas 48 horas em relação à segurança do sistema eleitoral brasileiro, desqualificado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Defesa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....