Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Exército exigir vacinação só tem foro político por causa de Bolsonaro, diz Jungmann

O ex-ministro da Defesa criticou a reação à orientação do comandante da Força de obrigar militares a se imunizarem contra a Covid
Exército exigir vacinação só tem foro político por causa de Bolsonaro, diz Jungmann
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-ministro da Defesa, Raul Jungmann (foto), comentou nesta sexta-feira (7) a orientação do comandante do Exército, Paulo Sérgio Nogueira, de condicionar o retorno de militares ao trabalho presencial à vacinação contra a Covid.

A recomendação, revelada por O Antagonista, foi motivo de críticas a Nogueira.

Em entrevista à Folha, Jungmann afirmou que a conduta é puramente administrativa, mas ganha repercussão política por causa de Jair Bolsonaro.

O ato do comandante não é político, é administrativo, de acordo com suas responsabilidades. Se ganha foro político ao ser comunicado é porque o presidente da República busca invadir o espaço institucional das Forças Armadas. Ele vem há algum tempo fazendo bullying com elas. Do lado do comandante a decisão é correta, administrativa e no limite de suas responsabilidades.”

O ex-ministro diz que o comandante do Exército tem o dever de proteger a tropa, especialmente no atual cenário de expansão da Covid.

“Se a decisão do comandante é perfeitamente lógica, evidentemente que isso, embora não tenha sido a intenção do comandante, passa a ser apropriado politicamente como se fosse uma coisa contrária à orientação do presidente da República. Não vejo isso. Acho que são medidas corretas, racionais.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....