Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Escândalo do MEC: parentes de pastores lobistas receberam dinheiro

Genro de Gilmar Santos ganhou R$ 17 mil em negociação de evento com a presença do então ministro Milton Ribeiro
Escândalo do MEC: parentes de pastores lobistas receberam dinheiro
Foto: Reprodução

O genro de Gilmar Santos (foto) — pastor acusado de pedir propina a prefeitos para liberar verbas do MECtambém recebeu dinheiro em negociação de evento com a presença do então ministro da Educação Milton Ribeiro, diz a Folha.

Wesley Costa de Jesus, que também é pastor, recebeu R$ 17 mil. O empresário José Edvaldo Brito enviou à Controladoria-Geral da União comprovantes de transferência realizados nas contas de parentes dos pastores envolvidos no escândalo do MEC.

O evento do ministro Milton Ribeiro com prefeitos da região de Nova Odessa, aconteceu em 21 de agosto do ano passado, duas semanas depois dos pagamentos. Segundo a Polícia Federal, o pastor Arilton Moura – também investigado por suposto envolvimento no esquema do MEC – pediu R$ 100 mil ao empresário em troca da realização do evento na cidade do interior paulista.

Segundo o empresário José Edvaldo Brito, também foram realizados depósitos de R$ 20 mil para Luciano de Freitas Musse, ex-assessor do MEC, e R$ 30 mil para Helder Diego da Silva Bartolomeu, genro do pastor Arilton Moura.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....