Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Enem com partido'

Diretora da FGV criticou a declaração de Bolsonaro sobre a prova "começar a ter a cara do governo": "Inaceitável ingerência"
Enem com partido
Foto: lecroitg/Pixabay

Como noticiamosJair Bolsonaro (foto) disse ontem, em Dubai, que as questões do Enem “começaram a ter a cara do governo”.

Claudia Costin, diretora do Centro de Políticas Educacionais da FGV, disse ao Estadão que a credibilidade da prova está em risco.

“Eventuais questões polêmicas podem aparecer, mas isso não configura a cara de um governo ou de outro, porém, de uma nova realidade a que os estudantes estão inseridos.”

Ela acrescentou que a declaração do presidente representa “inaceitável ingerência em um exame que até hoje passou por governos com diferentes orientações ideológicas que não interferiram no Enem”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....