Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Empresas alvos da Operação Mácula 'não são suspeitas de crime', diz delegado

Empresas alvos da Operação Mácula não são suspeitas de crime, diz delegado
NATAL RN, 27.09.2019 - Manchas de óleo poluem a praia de Santa Rita, em Natal, no Rio Grande do Norte. Segundo o Ibama, a análise das amostras do óleo feitas pela Petrobras e pela Marinha revelou que a substância é petróleo e não é de origem brasileira. Em nota, a Petrobras afirma que o material encontrado não é produzido e nem comercializado pela empresa, mas não explica como a análise foi feita. (Foto: José Aldenir/Folhapress)

O delegado da Polícia Federal Agostinho Cascardo deixou claro, em entrevista coletiva, que as empresas alvo da Operação Mácula “não são suspeitas de crime”.

As empresas, porém, têm algum tipo de relação com a dona do navio grego suspeito de jorrar o óleo que se espalhou pelo litoral nordestino e podem contribuir com informações.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....