Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em vídeo de campanha, Doria assume ser "chato" e diz que vacinou mãe de Bolsonaro

O governador de São Paulo usou o apelido "calça apertada", inventado pelo presidente, em uma peça publicitária
Em vídeo de campanha, Doria assume ser “chato” e diz que vacinou mãe de Bolsonaro
Reprodução

Um vídeo de campanha de João Doria nas prévias presidenciais do PSDB divulgado nesta quinta-feira (4) ironiza os apelidos dados pelos adversários ao governador de São Paulo.

A peça publicitária destaca que apesar da “calça apertada”, Doria foi quem conseguiu a vacina para o Brasil.

“O Bolsonaro já chamou ele de ‘calça apertada’. Os petistas o chamavam de ‘coxinha’. Bom, enquanto eles procuravam apelidos para o Doria, o Doria procurava uma vacina para o Brasil. E o ‘coxinha calça apertada’ atravessou o mundo para conseguir a única vacina que o Brasil teve no pior momento da pandemia.”

O vídeo afirma que até a mãe de Jair Bolsonaro, que recebeu Coronavac, foi vacinada graças a João Doria.

“É a vacina que está no braço de brasileiros de todas as regiões, no braço do Lula, do general Heleno e da mãe do Bolsonaro.”

A peça ainda reconhece que Doria é “chato”.

“Se conseguir vacina em uma pandemia é oportunismo, debochar da morte é o quê? O Doria pode ser coxinha, usar calça apertada e exagerar no marketing pessoal. Ele pode até ser chato, mas ele fez o que qualquer presidente com cabeça no lugar faria: trabalhar sem importar o partido.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....