Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em reunião, cúpula da CPI critica omissão de Lira na análise de impeachment de Bolsonaro

O colegiado pretende sugerir uma mudança no regimento interno da Câmara para estipular um prazo para análise de denúncia contra presidente da República
Em reunião, cúpula da CPI critica omissão de Lira na análise de impeachment de Bolsonaro
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Durante reunião realizada há pouco, a cúpula da CPI da Covid criticou a omissão do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), em analisar os pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro.

Estão na gaveta de Lira aproximadamente 120 denúncias por crime de responsabilidade contra o presidente da República. E a CPI pretende apresentar uma nova representação por conta da omissão do governo federal ao longo da pandemia de Covid.

Além disso, o colegiado pretende sugerir, em seu relatório final, uma mudança no regimento interno da Câmara para estipular um prazo para que o presidente da Casa analise denúncia contra o chefe do Poder Executivo oriunda de CPI.

“Estamos diante de uma óbvia oportunidade de trabalharmos na atualização da própria lei do impeachment, que é uma lei de 1950. Com relação à Câmara, o que está havendo é uma grande omissão do presidente da Câmara [Arthur Lira]”, disse o relator Renan Calheiros (MDB-AL).

“Esse excesso de poder no presidente da Câmara é um problema a ser resolvido”, complementou o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....