Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em resposta a Bolsonaro, Pacheco volta a defender urnas eletrônicas: “Motivo de orgulho”

Presidente do Congresso Nacional afirmou que sistema eleitoral é adotado desde a década de 1990 sem qualquer indício de fraude no país
Em resposta a Bolsonaro, Pacheco volta a defender urnas eletrônicas: “Motivo de orgulho”
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Diante dos vários ataques proferidos por Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral, o presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), voltou a defender as urnas eletrônicas e o TSE.

“As urnas eletrônicas têm sido motivo de orgulho nacional e trouxeram, nestes 26 anos de uso no Brasil, transparência, confiabilidade e velocidade na apuração do resultado das eleições.  Elas têm-se constituído em ferramenta poderosa contra vícios eleitorais muito frequentes na época do voto em papel.  Representam, portanto, um verdadeiro aperfeiçoamento institucional”, disse Pacheco há pouco, durante a abertura da semana de esforço concentrado e votação no Senado.

“Como tenho repetido em minhas falas nesta Casa e fora dela, eu tenho plena confiança no processo eleitoral brasileiro, na Justiça Eleitoral e nas urnas eletrônicas, por meio das quais temos apurado os votos desde 1996.  Sei que essa posição é amplamente majoritária tanto no Senado quanto no Congresso Nacional”, acrescentou.

“Nesse sentido, gostaria de reconhecer o bom trabalho que vem sendo realizado na presidência do Tribunal Superior Eleitoral pelo ministro Edson Fachin, bem como expressar minha certeza de que tal trabalho exitoso terá continuidade na gestão do ministro Alexandre de Moraes, que assume, no próximo dia 16 de agosto, a presidência da Corte Eleitoral, responsável pela condução das eleições”, declarou.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....