Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em nota, União Brasil de SP ataca projeto presidencial de Moro

Filiação do ex-juiz será impugnada se ele não concorrer à Câmara, à Alesp ou ao Senado, afirma Alexandre Leite, secretário-executivo da sigla no estado
Em nota, União Brasil de SP ataca projeto presidencial de Moro
Foto: Daniel Medeiros/O Antagonista

Em mais um lance da briga entre as alas “PSL” e “DEM” do União Brasil, o secretário-executivo do partido em São Paulo, o deputado federal Alexandre Leite, afirmou que a filiação de Sergio Moro (foto) será impugnada se ele insistir em disputar a Presidência.

“A filiação do ex-juiz Sergio Moro se deu com a concordância de um projeto pelo estado de São Paulo, isto é, deputado estadual, deputado federal ou, eventualmente, Senado”, diz nota divulgada pelo secretário-executivo na noite desta sexta-feira, 1º.

Mais cedo, como publicamos, Moro desmentiu o que Leite havia afirmado sobre o “projeto estadual”: presidenciável com maior percentual de votos entre os postulantes da Terceira Via, conforme as últimas pesquisas, o ex-juiz disse “jamais desistirei” e descartou disputar uma vaga na Câmara.

O ex-ministro da Justiça teve sua filiação ao partido abonada por Luciano Bivar, o presidente da legenda, que ainda tenta fazer dele o candidato presidencial da Terceira Via. O nome “União Brasil” está se tornando cada vez mais irônico.

Leia abaixo a nota do diretório paulista do partido sobre Sergio Moro.

Nota do Uniao Brasil de Sao Paulo Sergio Moro

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....