Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em meio à mobilização de sindicatos, Guedes chama auditores fiscais para reunião

Encontro deve ser realizado nesta quinta-feira no Ministério da Economia. Servidores cobram regulamentação de bônus de eficiência
Em meio à mobilização de sindicatos, Guedes chama auditores fiscais para reunião
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O ministro da Economia, Paulo Guedes (foto), chamou os representantes dos auditores-fiscais para uma reunião que deve acontecer amanhã. O encontro será realizado em meio à entrega de 1,2 mil cargos de chefia para pressionar Guedes a regulamentar o chamado bônus de eficiência.

Como mostramos, a mobilização do funcionalismo público federal ganhou força após o Congresso aprovar o Orçamento de 2022 com uma reserva de recursos de R$ 1,7 bilhão para reajustar apenas os salários das carreiras policiais.

Os auditores-fiscais da Receita Federal cobram a regulamentação do chamado “bônus de eficiência” – benefício criado em 2016, mas que até hoje não foi legalizado.

A mobilização dos auditores fiscais está centrada no cumprimento de um acordo feito em 2016, com a edição do decreto [sobre o bônus de eficiência], um pleito de mais de cinco anos, e no corte orçamentário da Receita Federal. São pleitos que dependem presidente da República e Paulo Guedes pode nos dar alguma notícia”, disse a O Antagonista, o presidente do Sindifisco, Isac Falcão.

Segundo integrantes do governo federal, o bônus da Receita Federal custaria em torno de R$ 400 milhões ao ano. Como mostramos, até o momento, 1,2 mil auditores fiscais em cargos de chefia já entregaram suas respectivas funções para pressionar Guedes a regulamentar o bônus de eficiência.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....