Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em Goiás, tucano negocia aliança com o PT

Aconselhado pelo presidente do PSDB a desistir do governo e disputar a Câmara, Marconi Perillo tenta convencer petistas no estado a apoiá-lo
Em Goiás, tucano negocia aliança com o PT
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Ex-governador de Goiás e pré-candidato ao governo do estado, Marconi Perillo (foto) está tentando fechar uma aliança local com o PT e o PSB, informa o Estadão.

Perillo marcou para esta quinta (4) uma reunião com Geraldo Alckmin, ex-tucano que migrou para o PSB e agora é vice na chapa presidencial de Lula, como parte das negociações para obter o apoio de pessebistas e petistas.

Segundo o jornal paulistano, o ex-governador de Goiás recebeu um pedido formal do presidente do PSDB, Bruno Araújo, para que desista de concorrer ao governo e seja um puxador de votos do partido na Câmara —o que ele não fez, pelo menos até agora.

O PT já tem candidato próprio ao governo goiano, o reitor da PUC-GO, Wolmir Amado. Perillo, porém, oferece aos petistas a vice em sua chapa e quer trazer para a candidatura ao Senado alguém do PSB ou do PSD de Gilberto Kassab.

Embora PSDB e MDB estejam aliados na eleição presencial, com a tucana Mara Gabrilli como vice na chapa de Simone Tebet, em Goiás os emedebistas são aliados de Ronaldo Caiado —atual governador e principal rival político de Marconi Perillo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....