Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Doria: "Sim, sim, serei candidato à Presidência da República pelo PSDB"

Mais cedo, o governador de São Paulo havia dito a aliados que desistiria de concorrer ao Planalto; um almoço selou a paz com o vice, Rodrigo Garcia
Doria: “Sim, sim, serei candidato à Presidência da República pelo PSDB”
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo/YouTube

Em evento político com prefeitos, ao lado de Rodrigo Garcia e do presidente do PSDB, Bruno Araújo, João Doria acaba de dizer que será candidato à Presidência da República pelo PSDB.

“Sim, sim, serei candidato à Presidência da República pelo PSDB, o nosso partido, o partido da social democracia brasileira.”

Ele acrescentou:

“Juntos, ao lado de outros partidos valorosos e de políticos e de pessoas que têm respeito pela democracia, respeito pela vida e pelos cidadãos, nós vamos vencer.”

Doria emendou:

“Vamos vencer o populismo, vamos vencer a maldade, vamos vencer a adversidade, vamos vencer a corrupção e, juntos, nós vamos ter um novo Brasil. Viva a nossa pátria, viva a democracia, viva o Brasil.”

Em seguida, caiu uma chuva de papel sobre o palco e Doria ergueu a mão do presidente do PSDB, Bruno Araújo, que, mais cedo, divulgou uma nota em apoio à pré-candidatura presidencial do governador de São Paulo.

No entorno de Doria, fala-se que era justamente esta a ideia: ensaiar um recuo da disputa ao Planalto para forçar o apoio público da cúpula tucana, após os movimentos de Eduardo Leite, que, derrotado nas prévias de novembro do ano passado, colocou-se novamente como presidenciável nesta semana.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....