Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Doria nega que queira 'voto impresso e auditável já' nas prévias do PSDB

O governador de São Paulo ponderou, no entanto, que defende "regras equânimes e confiáveis, para que não haja nenhuma dúvida em relação ao resultado final"
Doria nega que queira voto impresso e auditável já nas prévias do PSDB
Reprodução/Youtube/Jornal O Globo

No debate do Grupo Globo com presidenciáveis do PSDB, João Doria (foto) negou que seja contra a votação nas prévias do partido, em 21 de novembro, por meio de um aplicativo.

Ontem, O Antagonista noticiou que, nos bastidores, o grupo do governador de São Paulo tem questionado a segurança desse modelo de votação.

Perguntado sobre esse assunto no debate, Doria disse que “de jeito nenhum” é a favor do voto impresso e que “confia nas prévias do PSDB”.

Em seguida, ele fez questão de ponderar que defende “regras equânimes e confiáveis, para que não haja nenhuma dúvida em relação ao resultado final”.

As prévias estão marcadas para 21 de novembro. A ideia é que filiados sem cargo eletivo e vereadores tucanos votem por meio de um aplicativo custeado com recursos do fundo eleitoral e desenvolvido pela Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Prefeitos e vice-prefeitos, deputados, governadores, vice-governadores, ex-presidentes, senadores e o atual presidente do partido votarão em urnas eletrônicas, presencialmente, em Brasília.

“Aceitamos as regras como estão. (…) Teremos um grande candidato, que poderá representar na Terceira Via o melhor candidato para o Brasil”, afirmou Doria.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....