Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Desembargadores réus por corrupção participaram de esquema de Witzel

Ontem, o STJ recebeu por unanimidade uma denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra os integrantes do TRT do Rio
Desembargadores réus por corrupção participaram de esquema de Witzel
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Os quatro desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro que viraram réus por corrupção, peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro foram alvos de uma operação que mirou Wilson Witzel (foto), diz a Crusoé.

Ontem, o STJ recebeu por unanimidade uma denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra Marcos Pinto da Cruz, Antônio Carlos de Azevedo Rodrigues, Fernando Antônio Zorzenon da Silva e José da Fonseca Martins Júnior.

“Durante o curso da ação, eles terão que usar tornozeleira eletrônica e ficarão proibidos de manter contato com outros investigados. O STJ também manteve a suspensão dos desembargadores por um ano. O ex-governador Wilson Witzel e o ex-secretário de Saúde Edmar Santos também foram alvos da denúncia, mas os processos foram desmembrados depois que eles perderam o foro privilegiado e somente as ações penais contra os desembargadores do TRT permaneceram no STJ.”

LEIA AQUI; assine a Crusoé e financie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....