Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Desembargador diz que referência a "loira do Xisto" em sessão foi "brincadeira"

Em nota, Paulo Edison de Macedo Pacheco pediu desculpas pelo episódio em que prometeu levar mulheres para entreter colegas
Desembargador diz que referência a “loira do Xisto” em sessão foi “brincadeira”
Reprodução

O desembargador Paulo Edison de Macedo Pacheco afirmou nesta segunda-feira (29) que sua conversa sobre “intimidades” durante a transmissão do TJ do Paraná não passou de uma “brincadeira”.

Na quinta (25), o magistrado afirmou a um colega: “Vou levar as duas lá para você ver. Uma para você e uma para o Xisto. A loira é do Xisto”.

Em nota, Macedo Pacheco pediu desculpas pelo episódio.

“Tomando o fato a dimensão alcançada, desejo expressar minhas mais sinceras DESCULPAS para com todos os jurisdicionados e também para com toda a magistratura nacional, especialmente as Magistradas. E, finalmente, para com o Desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, que teve seu nome mencionado, mas que, naquele momento, nem sequer participava da  desafortunada conversa.”

Devo esclarecer ter se tratado de inadvertida ‘brincadeira’, em caráter privado, feita com o colega aposentado Desembargador Antônio Loyola Vieira, tornada pública porque já iniciada a transmissão pelo canal Youtube”, completou.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....