Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Desembargador derruba liminar que afastava presidente do Iphan

Com a decisão, Larissa Rodrigues Peixoto Dutra retoma o cargo no órgão; Bolsonaro disse dias antes que trocou chefia do órgão para beneficiar Luciano Hang
Desembargador derruba liminar que afastava presidente do Iphan
Foto: Reprodução, Facebook

O corregedor regional da Justiça Federal da 2ª Região, desembargador Theophilo Antonio Miguel Filho, suspendeu os efeitos da liminar que afastava Larissa Rodrigues Peixoto Dutra da presidência do Iphan.

Como mostramos no último sábado (18), a juíza Mariana Tomaz da Cunha, da 28ª Vara Federal do Rio de Janeiro, determinou o afastamento da presidente do Iphan dias depois de o presidente Jair Bolsonaro (foto) afirmar que mandou trocar o comando do órgão para resolver um problema do empresário Luciano Hang.

“A decisão judicial ora impugnada suspendeu um ato do Poder Executivo e afastou de suas funções a atual presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, deixando o instituto sem seu representante máximo, a causar inegáveis prejuízos à atividades administrativas e às políticas públicas de competência da autarquia. Essa decisão, portanto, tem potencialidade de causar grave lesão à ordem administrativa”, afirmou o desembargador.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....