Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Desabamento em Ouro Preto poderia ter sido evitado, diz professor

Desde 2012, a prefeitura sabia sobre a instabilidade do Morro da Forca; naquele ano, as construções foram esvaziadas pela Defensoria Pública
Desabamento em Ouro Preto poderia ter sido evitado, diz professor
Reprodução/Redes Sociais

Mateus Oliveira Xavier, professor de Engenharia Geológica da Universidade Federal de Ouro Preto, disse que a prefeitura sabia há quase dez anos do risco de desabamento do Morro da Forca, que destruiu um casarão no centro histórico da cidade nesta quinta.

Segundo ele, em 2012, as construções foram esvaziadas pela Defensoria Pública. Desde então, no entanto, faltou um estudo para a construção de algum tipo de contenção que evitasse a destruição dos patrimônios.

“Algumas formas de contenção poderiam ter sido aplicadas ali antes, como muros de contenção, tirantes, redes de proteção caso algum bloco rochoso pudesse cair, então, existem inúmeras formas de proteção. Mas, para isso, é necessária uma avaliação geotécnica mais pontual, local e detalhada, para saber qual seria a melhor opção”, afirmou ele a O Globo.

Como mostramos, o deslizamento não deixou vítimas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....