Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Deputado pede prioridade em auditoria do TCU sobre cartão de Bolsonaro

Em três anos de governo, gastos do presidente chegaram a R$ 29,6 milhões, 19% a mais que a soma nas gestões Dilma e Temer
Deputado pede prioridade em auditoria do TCU sobre cartão de Bolsonaro
Foto: Alan Santos/PR

O deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) pediu ao Tribunal de Contas da União prioridade na conclusão de auditoria em relação aos gastos do cartão corporativo de Jair Bolsonaro.

A investigação tem como relator o ministro Antonio Anastasia, que assumiu o cargo na Corte na última quinta-feira, e foi instaurada após denúncia feita pelo senador Fabiano Contarato (PT-ES).

Além disso, o parlamentar cobra acesso à auditoria.

“O processo não deveria correr sob sigilo, até porque já existe decisão do STF sobre a necessidade de transparência nos gastos da presidência com cartão corporativo. Só se justifica sigilo em caso de risco para a segurança do presidente, definitivamente não é o caso”, disse ao Valor.

Como mostramos, em três anos de governo os gastos com cartões corporativos da Presidência da República chegaram a R$ 29,6 milhões. 

O montante é 19% superior ao registrado nas administrações Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB) juntas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....