Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Deputado Fernando Cury se torna réu por importunação sexual

Órgão Especial do TJ-SP aceitou a denúncia oferecida pelo MP; parlamentar apalpou a colega Isa Penna durante sessão na Assembleia Legislativa paulista
Deputado Fernando Cury se torna réu por importunação sexual
Foto: Agência Alesp

O Órgão Especial do TJ-SP aceitou nesta quarta-feira, 15, denúncia oferecida pelo Ministério Público contra o deputado estadual paulista Fernando Cury (foto) por importunação sexual à colega Isa Penna.

Com isso, Cury, cuja expulsão do Cidadania foi aprovada pelo partido no mês passado, torna-se réu no processo.

Apresentada em abril pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mário Sarrubbo, a denúncia de ato libidinoso sem consentimento —cuja pena é de até cinco anos de reclusão— foi aceita por unanimidade pelos 24 desembargadores que compõem o Órgão Especial.

Em dezembro do ano passado, Cury foi flagrado pelas câmeras da Assembleia Legislativa paulista apalpando a deputada psolista enquanto ela conversava com o presidente da Casa, Cauê Macris. Ele alegou se tratar de um “gesto de gentileza”.

A Alesp, no entanto, achou que não era o caso de cassar o mandato do deputado, mas apenas de afastá-lo por 180 dias. Ele retornou ao plenário em outubro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....