Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Deputado bolsonarista se recusa a fazer bafômetro em blitz de carnaval

General Girão, do Rio Grande do Norte, foi parado em uma barreira policial na noite de terça-feira, no litoral sul do estado
Deputado bolsonarista se recusa a fazer bafômetro em blitz de carnaval
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O deputado federal General Girão (foto), da União Brasil do Rio Grande do Norte, foi parado em uma blitz de carnaval, na noite da última terça-feira (1º), em Parnamirim, no litoral sul de seu estado.

Ele se negou a realizar o teste do bafômetro, segundo o auto de infração do Detran, emitido às 21h35, e publicado pelo jornalista local Dinarte Assunção. O carro conduzido pelo deputado bolsonarista acabou sendo levado por outra pessoa.

O parlamentar admitiu infração de trânsito, mas nega que tenha se recusado a assoprar o bafômetro. Inicialmente, a assessoria do deputado informou a O Antagonista que desconhecia o assunto, mas que uma nota oficial seria divulgada.

Pela legislação em vigor, quem se recusa a fazer o teste de bafômetro precisa pagar uma multa de quase R$ 3 mil, tem sua carteira de habilitação apreendida e fica um ano sem poder dirigir.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....