Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Depois de dizer que o PSDB "acabou", Lula afaga tucanos

Em Porto Alegre, ex-presidente afirmou que o Brasil era "feliz" quando a polarização se dava entre os candidatos petistas e os tucanos FHC, Serra e Alckmin
Depois de dizer que o PSDB “acabou”, Lula afaga tucanos
Reprodução: Youtube/Lula

Em evento nesta quarta-feira (1º) com profissionais da educação em Porto Alegre, que também contou com a presença de Dilma Rousseff e Geraldo Alckmin, Lula (foto) afagou os tucanos um dia depois de ter dito que o PSDB “acabou”.

“Já disse para o Alckmin: como este país era feliz quando a polarização era entre o PT e o PSDB. Como era feliz este país quando a polarização era entre a Dilma e o Alckmin, a Dilma e o Serra, eu e o Serra, eu e Alckmin, eu e o Fernando Henrique Cardoso”, declarou o petista, de acordo com o relato da Folha.

“A gente era civilizado, a gente ganhava e, quando perdia, voltava para casa (…). A transição que nós fizemos com o Fernando Henrique Cardoso foi a mais civilizada que este país conheceu. Você disputava uma eleição, mas você não estava em guerra. O seu adversário não era seu inimigo”, acrescentou Lula, cujo partido pediu o impeachment de todos os presidentes de siglas rivais desde a volta das eleições diretas para o cargo.

Na noite de terça (31), em um evento na PUC de São Paulo, o ex-presidente petista disse o seguinte: “Eles achavam que iam nos tirar, que iam banir o PT (…). Quem acabou foi o PSDB. O PT continua forte, crescendo. E continua um partido que conseguiu compor a maior frente de esquerda já feita neste país”.

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....