Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Delegado da PF que investiga Ribeiro deixará setor de inquéritos sobre políticos

Segundo O Globo, Bruno Calandrini havia pedido para sair do setor no mês passado, mas deve continuar na chefia da investigação sobre o ex-ministro
Delegado da PF que investiga Ribeiro deixará setor de inquéritos sobre políticos
Foto: Reprodução

Bruno Calandrini (foto), o delegado da Polícia Federal que cuida da investigação sobre um suposto esquema de corrupção no MEC na gestão de Milton Ribeiro, vai deixar o Cinq (Coordenação de Inquéritos), grupo da PF de Brasília responsável pelas investigações contra políticos com foro privilegiado, informa O Globo.

Segundo a PF, Calandrini já havia pedido para sair do grupo no início de maio, antes da Operação Acesso Pago, que resultou na prisão de Ribeiro e de outros acusados de envolvimento no esquema.

A sua saída foi autorizada com a condição de que ele continue à frente do inquérito sobre o ex-ministro da Educação, afirma o jornal carioca.

Na semana passada, depois de ter sido negada a transferência de Ribeiro de São Paulo para Brasília, Calandrini mandou uma mensagem a colegas na qual acusava interferência da cúpula da PF no caso.

O delegado da PF também solicitou que Paulo Guedes fosse investigado no inquérito sobre desvios no Postalis, o fundo de pensão dos Correios.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....