Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Defesa de Milton Ribeiro pede que TRF anule decisão de 1ª instância que o levou para prisão

Advogados do ex-MEC acusam o juiz de ser parcial e basear sua decisão em termos vagos, que teria gerado uma atuação "tendenciosa" do magistrado
Defesa de Milton Ribeiro pede que TRF anule decisão de 1ª instância que o levou para prisão
Foto: Isac Nóbrega/PR

A defesa de Milton Ribeiro agora quer que o Tribunal Regional Federal da 1ª região (TRF-1) anule a decisão do juiz federal Renato Borelli, que levou o ex-ministro da Educação para a prisão na última quarta-feira (22).

Para os advogados de Ribeiro, o magistrado da Seção Judiciária do Distrito Federal agiu de maneira parcial e tendenciosa ao pedir prisão preventiva do ex-ministro. Ele teria tratado dos supostos crimes cometidos pelo ex-chefe do MEC com termos parciais e vagos.

“O pronunciamento do juiz é recheado de precipitados juízos de valor sobre o paciente [Milton] e revela, extreme de dúvidas, a quebra da isenção que se espera do julgador”, escrevem os advogados.

O caso está nas mãos do desembargador Ney Bello, o mesmo que determinou a soltura de Ribeiro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....