Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Defesa de Daniel Silveira pede novamente a troca da tornozeleira eletrônica

Para o advogado do deputado federal o equipamento, além de indicar "vida própria", tem vibrações estranhas e sinais sonoros
Defesa de Daniel Silveira pede novamente a troca da tornozeleira eletrônica
Foto: Reprodução/Twitter/vlogdolisboa

A defesa do deputado federal Daniel Silveira (foto) pediu novamente a troca da tornozeleira eletrônica alegando que o equipamento “não é confiável, faz barulhos estranhos, emite vibrações a esmo e está com defeito na bateria”. O pedido já foi feiro três vezes. 

Ontem, o ministro Alexandre de Moraes determinou que o secretário de estado de Administração Penitenciária do Distrito Federal esclarecesse “eventuais inconsistências” na tornozeleira do deputado, mas, segundo a defesa, a manifestação “não diz absolutamente nada”. 

Para o advogado de Daniel, o equipamento, além de indicar “vida própria”, tem vibrações estranhas e sinais sonoros.

“Ora, o parlamentar não possui carga elétrica ou tomada embutida em seu corpo para ‘auto carregar’ a tornozeleira com energia elétrica”, disse.

Segundo o documento, parlamentar acabou de pousar no aeroporto do Rio de Janeiro e relatou que o equipamento apresenta vibrações e sinais constantes, e com carga baixa, “porém, está dentro da área de inclusão do estado do Rio de Janeiro, e que só chegará em Petrópolis ao final da noite, quando promoverá a recarga”.

“O parlamentar tem relatado que esse equipamento, altamente suspeito, não segura carga por mais de duas horas, chegando até a uma hora e meia, e começa a dar sinais para ser recarregado. Todo esse imbróglio está dificultando o exercício do mandato parlamentar, sendo humanamente impossível permanecer conectado a uma tomada elétrica, por três horas”, afirmou a defesa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....