Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Decretar fim de pandemia é "loteria", diz Mandetta

Ex-ministro da Saúde vê risco de novas cepas da Covid e afirma que é preciso manter vigilância contra a doença, mesmo com alta vacinação e queda nos casos
Decretar fim de pandemia é “loteria”, diz Mandetta
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Luiz Henrique Mandetta (foto) afirmou nesta segunda-feira (18) ao Painel da Folha que decretar o fim da emergência sanitária da Covid neste momento é “loteria”, especialmente com relação ao possível surgimento de novas cepas da doença.

“Não sabemos o que pode acontecer. O que pode furar esse esquema, ter de voltar atrás, é uma nova variante. É uma loteria. Pode estar acontecendo de surgir uma nova cepa neste segundo em São Paulo, pode ser no Vietnã, na África. Por isso[é] que a OMS ainda não decretou o fim da pandemia”, declarou o ex-ministro da Saúde.

No domingo (17), como publicamos, Marcelo Queiroga, o atual titular da Saúde, anunciou que irá publicar nos próximos dias ato normativo pondo fim à emergência sanitária da Covid.

Para Mandetta, o fundamental, mesmo no atual cenário brasileiro —com alta vacinação e queda no total de casos e de mortes—, é manter alta a vigilância sobre novas variantes do vírus, bem como o controle sobre fronteiras.

“O SUS é muito bom de vacina, a gente passou de 80% de duas doses. Agora, a vigilância, que é saber quem está no país, se está entrando com febre, isso tem de continuar fazendo. Você não pode relaxar”, acrescentou o ex-ministro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....