Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

De olho nas eleições, Pacheco pretende acelerar reforma tributária no Senado

Ideia do parlamentar é acelerar a tramitação de uma proposta que transforma tributos como IPI em Imposto de Valor Agregado
De olho nas eleições, Pacheco pretende acelerar reforma tributária no Senado
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), pretende acelerar a proposta de reforma tributária que está em tramitação na Casa para fazer dela uma vitrine eleitoral na disputa pela Presidência da República este ano.

A ideia é dar apoio total à PEC 110, relatada pelo senador maranhense Roberto Rocha (PSDB). O texto altera a base de cálculo de impostos sobre o consumo.

O texto cria dois tipos de Imposto sobre Valor Agregado (IVA): um para a União – unificação de IPI, PIS e Cofins-, chamado de Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), e outro para estados e municípios – unificação de ICMS e ISS.

Apesar disso, o substitutivo de Rocha enfrenta resistências na Câmara. Além disso, lideranças admitiram a O Antagonista que dificilmente vão aprovar reformas estruturantes em 2022. Isso por causa do calendário eleitoral.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....