Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé: crônica de uma morte anunciada

Na próxima semana, o PSDB pretende dizer a João Doria que ele não pode forçar o partido a lançar uma candidatura ao Planalto
Crusoé: crônica de uma morte anunciada
Foto: Governo do Estado de São Paulo/Flickr

O ex-governador de São Paulo João Doria vive a crônica de uma morte anunciada, diz a Crusoé.

“Com a perseverança que lhe é peculiar, ele luta para ter o direito de disputar a presidência neste ano, pelo PSDB. Doria tem bons argumentos para dizer que a prerrogativa de ser candidato é sua, uma vez que venceu as prévias partidárias contra o ex-governador gaúcho Eduardo Leite. Mas ele não pode forçar a legenda a ter candidatura própria.

“Hoje, a maioria dos tucanos que almeja conquistar algum cargo em outubro prefere que o PSDB esqueça o Palácio do Planalto, se isso for sinônimo de subir em palanques com Doria e aparecer ao seu lado em programas de televisão. Eles dizem que o político paulista, com sua alta rejeição, impede a decolagem das chapas nos estados. […] A história caminha para um desfecho na terça, 24. Nesse dia, ao lado do MDB e do Cidadania, com o qual formou uma federação, o PSDB deve anunciar que dará apoio à emedebista Simone Tebet […].”

LEIA MAIS AQUI; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....