Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé: as mulheres que podem decidir a eleição

Mulheres de classe C, de meia idade, e habitantes das áreas metropolitanas da região Sudeste, possivelmente serão aquelas que darão a palavra final
Crusoé: as mulheres que podem decidir a eleição
Agência Senado/Marri Nogueira

Em toda eleição presidencial, um grupo particular de eleitores acaba servindo de fiel da balança, lembra a Crusoé.

“São as suas escolhas que definem quem vai ocupar o Palácio do Planalto pelos quatro anos seguintes. Os institutos de pesquisa ainda não traçaram com clareza o perfil desses contingente de pessoas na campanha de 2022. ‘Ainda é cedo para cravar algo assim’, diz a cientista política Márcia Cavallari, diretora do Ipec. Mas alguns traços desse eleitorado já começam a emergir das conversas que Crusoé vem mantendo com diversos pesquisadores.”

Bons indícios apontam para as mulheres de classe C, de meia idade e habitantes das áreas metropolitanas da região Sudeste, como sendo aquelas que, possivelmente, darão a palavra final no pleito deste ano. O voto delas foi para Dilma Rousseff, em 2014, e para Jair Bolsonaro, em 2018.”

LEIA MAIS AQUI; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....