Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Crusoé: a (velha) tropa de Lula

Além de Guido Mantega, outras estrelas do petrolão e do mensalão também estão engajadas no projeto petista de poder
Crusoé: a (velha) tropa de Lula
Capa: Daniel Medeiros/Crusoé

O fato de Lula (foto) ter escolhido Guido Mantega para representar as ideias do PT economicamente em artigo publicado na Folha surpreendeu os que acreditavam em um “novo Lula”.

Como mostramos, no entanto, o “novo Lula” é igual ao o “velho Lula”.

A reportagem de capa da edição desta sexta-feira (7) da revista Crusoé mostra que o apreço do ex-presidiário pelo passado vai além de Mantega. Outras estrelas do petrolão e do mensalão também estão engajadas no projeto. Entre eles, Aloizio Mercadante, Franklin Martins e José Genoino.

Hoje, Genoino vocaliza a ala mais radical do partido. Ele encampou um abaixo-assinado contra a ideia de lançar o ex-governador paulista Geraldo Alckmin como vice na chapa de Lula, defendida por Fernando Haddad. É no grupo de Genoino que flui o petismo mais ideológico, defensor das ditaduras de esquerda da América Latina, como a da Venezuela, e que responsabiliza a ‘hegemonia neoliberal’ pelas agruras do país – um discurso que, vez ou outra, e a depender de quem está a ouvi-lo, o próprio Lula também adota.

Embora seja muitas vezes engolida pelo pragmatismo lulista, essa ala exerce influência e forte pressão interna nas decisões partidárias. Foi assim, por exemplo, na constrangedora nota que celebrou em novembro passado a ‘vitória’ do ditador Daniel Ortega nas eleições na Nicarágua e a polêmica ida de Gleisi à posse do ditador venezuelano Nicolás Maduro, em 2019.”

LEIA AQUI; assine a revista e financie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....